Páginas

Este blog não pretende ser um tratado do nosso vernáculo. Destina-se àqueles que querem aprender a escrever corretamente. Lapidar as palavras e transformá-las em verdadeiras jóias (bem dispostas no texto, de forma a traduzir o pensamento e publicar as idéias) é o que busca todo o artesão da palavra.

terça-feira, 1 de julho de 2008

ORTOGRAFIA - Emprego das Letras X e CH


Você sabe grafar corretamente as palavras?

Como você escreveria o nome da ferramenta ao lado? Escreveria com X ou com CH? Será que temos alguma regra que ajude a escrever corretamente?
A resposta é sim.
A relação entre os fonemas e as letras não é de correspondência exata e permanente. Como a ortografia se baseia também na tradição e na etimologia das palavras, ocorrem algumas exceções à regra.


O fonema /X/ (letra X ou dígrafo CH).
a) Após um ditongo: ameixa, caixa, eixo, peixe, frouxo, trouxa, baixo, encaixar, paixão, rebaixar.
exceção: caucho e os derivados cauchal, recauchutar e recauchutagem.
b) No caso da figura ao lado aplica-se a seguinte regra: após o grupo inicial en: enxada, enxaqueca, enxerido, enxame, enxertar, enxugar, enxurrada.
exceção: excepcionalmente escreve-se com ch as palavras encher e seus derivados (de cheio); e palavras iniciadas por ch que recebem o prefixo en. Ex.: encharcar (de charco); enchapelar (de chapéu); enchumaçar (de chumaço); enchiqueirar (de chiqueiro).
c) Após o grupo inicial me: mexer, mexerico, mexerica, mexilhão, mexicano.
A única exceção é mecha.
d) Nas palavras de origem indígena ou africana e nas palavras inglesas aportuguesadas: xingar,
xavante, xique-xique, xará, xerife, xampu, caxambu (dança negra), caxinguelê, abacaxi.
e) Nas seguintes palavras: capixaba, bruxa, faxina, graxa, laxante, muxoxo, praxe, puxar, rixa,
relaxar, roxo, xale, xaxim, xenofobia, xícara, bexiga, oxalá, lixa, lixo, lagartixa, vexame.

Emprego do dígrafo ch
Atente para o uso do dígrafo ch nas seguintes palavras: arrocho, apetrecho, bochecha, brecha, broche, bucha, chalé, charque, chávena, chicória, chimarrão, cachimbo, cochilo, comichão, chope, chuchu, chute, debochar, fachada, fantoche, fechar, flechar, ficha, linchar, mochila, pechincha, piche, pichar, salsicha, tchau.

Há vários casos de palavras homófonas cuja grafia se distingue pelo contraste entre o x e o ch. Eis algumas delas:
- brocha (pequeno prego) e broxa (pincel para caiação de paredes);
- chá (planta para preparo de bebida)      e   Xá  (título do antigo soberano do Irã) (estômago) e 
-chácara buxo (espécie de arbusto);
- chá (planta para preparo de bebida) e (título do antigo soberano do Irã);
- chácara (propriedade rural) e xácara (narrativa popular em versos);
- cheque (ordem de pagamento) e xeque (jogada do xadrez);
- cocho (vasilha para alimentar animais) e coxo (manco, capenga, imperfeito);
- tacha (mancha, defeito; pequeno prego) daí tachar= colocar defeito em alguém e taxa (imposto, tributo); taxar= cobrar imposto

2 comentários:

Anônimo disse...

ola!!!!!!!

Empregos MS disse...

Thank you for the information you gave regarding on Employing X and CH. It helped me a lot in my assignments. More power to your site.

Pesquisa personalizada